terça-feira, 7 de abril de 2009

Curiosidades...


Páscoa, é sem dúvida, uma data marcante e importante no calendário cristão. Mas pq. trocar ovos de chocolate nesta data??

Dei uma pesquisada na internet e descobri que é uma tradição que vem de centenas de anos antes da era cristã. Na verdade, trocavam-se ovos de galinha, pintados com tintas, para celebrarem a chegada da primavera no hemisfério norte, simbolizando o início da vida.
E os cristãos começaram a utilizar o ovo como símbolo da ressurreição de Jesus, daí vem a tradição da troca de ovos.
Antigamente a troca era feita com ovos pintados com imagens religiosas ou até banhados a ouro para a realeza.
Os ovos de chocolate surgiram muito tempo depois pelas mãos dos franceses....

E falando de chocolate, estou eu aqui já comendo um pedaço de um ovo que minha filha ganhou da avó.....e paro pra me perguntar e me recriminar, será que engorda muito, dá acnes???

E voltando a pesquisar na internet tive respostas para as minhas perguntas e divido aqui com vcs o que achei:
Engorda ou emagrece?
Por ser um alimento altamente calórico, uma média de 500 calorias em 100 gramas, o medo de que se ganhe alguns quilinhos durante a Páscoa é recorrente, porém segundo a nutricionista Teresina Mendes, se consumido moderadamente, o chocolate é uma fonte importante de nutrientes, vitaminas e sais minerais. Melhor que isso, é saber que dependendo da concentração de cacau no chocolate, ele pode ser um aliado à dieta. Segundo uma publicação da revista científica International Journal of Obesity, cientistas dinamarqueses, da Universidade Real de Copenhague, concluíram que o tipo amargo (chocolate com maior concentração de cacau) tem o poder de aumentar a sensação de saciedade. Uma gostosa para a dieta, não?

Acne
Um estudo realizado pela Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia demonstrou que o consumo de chocolate não está ligado ao surgimento de espinhas, o que na verdade a determina são fatores genéticos ou desequilíbrios hormonais, que ocorrem na puberdade, gravidez ou na menopausa.

Afrodisíaco
O chocolate, assim como o café e o chá, possui uma capacidade para interagir com a química cerebral. Nesse caso, por conter substâncias derivadas da serotonina responsável pela sensação de “bem-estar” e prazer, ele estimula a produção de feniletilamina, que pode ser encontrada no cérebro e desencadeada por eventos simples, como uma troca de olhares ou um aperto de mãos. Por esse motivo é chamada de “substância do amor”. É daí que vem a capacidade afrodisíaca da guloseima.

Antioxidante
O tipo de chocolate amargo é o que apresenta maior quantidade de cacau que é rico em flavonóides, substâncias de ação antioxidante. É dessa forma que o doce ajuda a combater os radicais livres e retarda o envelhecimento.
“O antioxidante também impede o depósito de gordura na parede das artérias, reduzindo a taxa de colesterol no sangue no sangue. Além disso, ele apresenta o elemento químico fenólico, que ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas”, explica a nutricionista.
Para Cristiane Kovacs, nutricionista da Seção de Nutrição do Instituto Dante Pazzenese, o chocolate não deve ser consumido mais do que duas vezes na semana, ainda sim, em pequenas doses. “Apesar dos benefícios, o ideal é dividir com os amigos e familiares os ovos de chocolate. Nada de guardar e comer tudo sozinho”, alerta


Links de pesquisa:





2 comentários:

  1. parabens pelo blog e grata pela visita. beijos.

    ResponderExcluir
  2. Lindo post, amiga, cheio de informações.
    Beijos, Lu

    ResponderExcluir